Oficinas gratuitas em Educação e Desenvolvimento Humano

Ambiente Online para interações e construção coletiva de conhecimentos em Metodologias Ativas e Design Thinking na Educação


SOBRE: 

MA E DT NA EDUCAÇÃO - 2019
PROGRAMA PARA FORMAÇÃO DOCENTE:

METODOLOGIAS ATIVAS E DESIGN THINKING NA EDUCAÇÃO

Oficinas Gratuitas para Docentes em exercício (incluindo Coordenação Pedagógica e Gestão) de todos os níveis de Ensino da Rede Pública e escolas e faculdades privadas da Cidade de São Paulo.

OBJETIVOS:

. Para desenvolvimento profissional de docentes, no incremento da qualidade de situações de ensino-aprendizagem através da aplicação de Metodologias Ativas, com destaque à abordagem Design Thinking (DT).

. Campo de pesquisa acadêmica do proponente.

COM ALEXANDRE KASSIS

Graduado em Ciências Sociais pela USP (1993), Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela USP (2009). Pós-graduação em História, Sociedade e Cultura pela PUCSP (2001), em Gestão da Educação a Distância pela UFJF (2007) e em Arteterapia Junguiana pela FAVI (2012). Pós-graduando no MBA em Desenvolvimento Humano e Psicologia Positiva pelo IPOG. Possui formações na área de Design Thinking pela ECHOS - Escola de Design Thinking/Descola, Formação em Design Thinking para Educadores pelo Instituto Educadigital, no qual é Facilitador Associado. Dinamiza oficinas de Design Thinking para educadores e interessados em geral.

SOBRE:

METODOLOGIAS ATIVAS

As Metodologias Ativas valorizam e propõem situações de aprendizagem que evocam a participação efetiva dos alunos na construção de conhecimentos e no desenvolvimento de competências, para que aprendam em seu próprio ritmo, longe da lógica da transmissão de conhecimentos prontos, tendo os docentes como co-autores e mediadores na construção coletiva de saberes junto com os discentes, buscando promover a autonomia, a aprendizagem, o protagonismo, a criatividade dos estudantes etc.

DESIGN THINKING (DT) NA EDUCAÇÃO

Dentre as Metodologias Ativas, destacamos o Design Thinking (DT), o “Pensamento de Design”, que tem sido usado em processos colaborativos e pesquisas para desenvolvimento de produtos e serviços, no contexto de organizações, e no campo educacional, na educação presencial, a distância e corporativa, como abordagem para inovação, como metodologia para resolução de problemas complexos e como estratégia de ensino-aprendizagem.

O DT tem como pilares o ser humano, a empatia, a colaboração, a experimentação, a prototipagem de objetos e serviços, e suas fases serão descritas e algumas vivenciadas em detalhes em nossos encontros, tendo como diretrizes principais as suas possibilidades com estratégia de ensino-aprendizagem em contextos educacionais.

Sobre DT em geral e na Educação, abordaremos os seguintes tópicos: O que é e para que serve Design Thinking (DT); DT na Educação; Como se tornar Design Thinker no contexto educacional; Aplicações da abordagem DT; DT e Inovação; DT e Solução de Problemas; DT e Estratégias de Ensino-Aprendizagem; DT na Formação Docente; DT na Aprendizagem Cooperativa e em Processos de Avaliação Formativa; Processo de DT – Pensamento Divergente/ Pensamento Convergente; Fases: entendimento, observação, pontos de vista, mapa da empatia, ideação, prototipagem, testes, iteração e entregas; Facilitação em DT: características essenciais da qualidade em facilitação em dinâmicas e aulas com a abordagem DT; Projetos Educacionais e DT; Práticas e Vivências em DT.

Longe de fórmulas prontas, muitas vezes impostas por políticas públicas de formação inicial e continuada de professores, metodologias determinadas por especialistas em educação do campo acadêmico internacional e nacional, sem desmerecer os conhecimentos disciplinares acadêmicos e científicos ou negligenciar a teoria, o programa valorizará os saberes docentes e suas vozes na construção coletiva de conhecimentos para práticas profissionais educacionais de qualidade.

No contexto de uma pesquisa-ação-colaborativa, o facilitador/pesquisador será antes de tudo um colaborador, que buscará construir coletivamente os conhecimentos sobre os temas propostos por ele e também os que emergirem das demandas dos demais participantes.

Nesse sentido, destacamos que um dos objetivos principais é facilitar a participação efetiva e o desenvolvimento criativo da profissão docente, considerando os professores e professoras como os principais agentes de transformação da Educação, em suas práticas cotidianas, em situações de ensino-aprendizagem, considerando-os como autônomos, protagonistas, co-criadores dos conhecimentos e realizadores de ações efetivas para inovação, transformação e criação de novos cenários de qualidade na educação. Não visamos a imposição de fórmulas, mas sugestão de possíveis formas metodológicas a serem conhecidas e testadas pelos docentes, assim como favorecer a emergência de caminhos metodológicos e práticos/criativos, que serão construídos coletivamente pelos(as) participantes ao longo das nossas interações e que poderão ser vivenciados, experimentados e avaliados nas futuras situações de ensino-aprendizagem junto às suas classes e estudantes.

Observamos que sobre Design Thinking na Educação há um livro digital gratuito publicado pela empresa IDEO, traduzido pelo Instituto Educadigital, coordenado por Priscila Gonsales, elaborado especialmente para educadores, que será apresentado em nossos encontros e que poderá ser utilizado pelos docentes em seus projetos, bem como outras referências bibliográficas.

Ainda na perspectiva do DT, apresentaremos a iniciativa mundial Design for Change, que através do DT propõe projetos com impactos sociais de qualidade, na perspectiva de criação de escolas que transformam as comunidades ao seu entorno e outros programas congêneres.

DURAÇÃO:

. Encontros Presencias: de 4 a 8 horas por Oficina, que serão agendados de acordo com as possibilidades dos participantes.

. Encontros via Plataforma de Aprendizagem Moodle: para interações e construção colaborativa de conhecimentos, apoio e Supervisão de Projetos Efetivos de DT na Educação (recomendados, mas opcionais), durante o primeiro Semestre de 2019.

CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO EM CURSO LIVRE:

Para os que tiverem 75% de presença nas oficinas e realizarem as atividades básicas do Programa.

LOCAIS:

Nas Escolas/Faculdades (sujeito à formação de grupos e somente na cidade de São Paulo) ou na Sede da Editora Enredos (Avenida Irerê, 1105 – Planalto Paulista – São Paulo – SP – Zona Sul, próxima da Estação São Judas do Metrô)

VAGAS:

Até 20 participantes por oficina


AGENDA:

Será publicada a partir de Janeiro de 2019